Não desprezes uma boa companhia

Boa companhia podemos ter, ao longo da nossa vida, pois acompanhamos e somos acompanhados por diversas pessoas, sejam da nossa família ou não.

Precisamos ser boa companhia para todos quantos convivem conosco e, ainda mais, saber quem são as boas companhias que passam por nós.

Na Bíblia encontramos exemplos de relacionamentos em que homens e mulheres identificaram as pessoas que eram boas companhias.

JÔNATAS E DAVI TINHA BELA AMIZADE

Um dos exemplos que queremos citar é o de Jônatas e Davi. O primeiro era filho de Saul, rei de Israel.

O segundo, Davi, havia derrotado o gigante Golias e ia ganhando reconhecimento do povo de Israel.

Tal fato irritava Saul e, embora seu pai quisesse matar Davi, Jônatas tinha grande respeito por ele, pois sabia que Deus o usava.

Este respeito era mútuo e Davi e Jônatas tinham boa amizade, sabiam que a companhia do outro era boa.

NOEMI ERA BOA COMPANHIA PARA RUTE

Em outro relacionamento, entre sogra e noras, encontramos Noemi, Orfa e Rute, convivendo etapas distintas da vida.

Noemi havia perdido o marido e, posteriormente, seus filhos e, por esta razão ela deixou Orfa e Rute desobrigadas de viverem com ela.

Após fazer a dispensa insistentemente, Orfa seguiu o seu caminho, porém Rute expressou uma linda frase:

“Por onde fores, irei eu, onde pousares, ali pousarei, o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus, onde fores sepultada, ali será sepultada eu”.

Para Rute, a companhia de Noemi era importante, e sua amizade e presença eram indispensáveis, mesmo estando viúvas.

Orfa escolheu ir, e Rute considerou Noemi como uma boa companhia, para o resto de seus dias.

A IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA DE JESUS

Diante deste contexto, temos escolhas a fazer, e entre elas está o poder de estar na convivência de boas companhias.

E uma passagem bíblica demonstra que, os muitos afazeres, podem nos distanciar da presença d’Ele, não reconhecendo a boa companhia que Ele é pra nós.

Lemos acerca de exemplos de boas companhias humanas, mas existe uma ainda mais especial: Jesus é a melhor das companhias!

Ele estava na casa de Marta e Maria, e elas tiveram reações bastante diferentes em relação ao convidado que com elas estavam.

Maria desfrutava da presença de Jesus;

Marta cuidava dos afazeres;

Maria não pediu que Jesus tirasse Marta de seus afazeres;

Marta pediu que Jesus deixasse Maria ajudá-la;

Maria estava descansada;

Marta estava ansiosa e afadigada;

Jesus disse: “Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas Maria escolheu uma, a que é necessária, e esta parte não lhe será tirada”.

Jesus quer ser nosso melhor e maior companheiro. Mas nós, em nosso interior, temos uma briga constante, que faz com que O rejeitemos.

O anseio pela presença de Deus deve sobrepor ao anseio pela correria em busca das riquezas, prazeres e prosperidade.

Não é errado investir tempo em coisas produtivas daqui, mas perdemos tempo quando não encontramos espaço para investir tempo nas coisas do alto.

Que Deus possa nos conceder Sabedoria, para administrar o nosso tempo, priorizando a presença de Jesus.

Autor: Fábio Valfré Prado

O que achou do artigo?